Notícias

Centro POP celebra o ano com o 2º Show de Talentos dos usuários


Além de desenvolver solidariedade, disciplina e concentração, o 2º show de talentos teve como objetivo trabalhar potencialidades musicais e artísticas dos usuários do Centro POP
Centro POP celebra o ano com o 2º Show de Talentos dos usuários Fotos: Divulgação

Para celebrar os objetivos alcançados ao decorrer do ano, entre eles, os atendimentos e atividades de sociabilidade em busca do fortalecimento de vínculos interpessoais e familiares na construção de novos projetos de vida, o Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua, Centro POP, realizou na tarde da última quarta-feira (12 de dezembro), o 2º Show de Talentos dos usuários.

Entre os atrativos do evento, o Coral Reviver, composto pelos próprios usuários do Centro POP e regido pelo educador social Delcinei Medeiros, foi o primeiro de uma programação repleta de musicalidade e arte. Segundo Mara Rita da Silva, coordenadora do Centro POP, além de desenvolver solidariedade, disciplina e concentração, o 2º Show de Talentos teve como objetivo trabalhar potencialidades musicais e artísticas dos usuários. “Também foram realizadas apresentações musicais de seis usuários do Serviço e declamação de poesia autoral do trabalhador Huan Ícaro”, destacou.

Logo após o Coral Reviver, para encerrar as atividades, a professora e bailarina Venissa Silva Neto, fez uma exibição de Dança do Ventre. 

O Centro POP

Localizado na rua São Joaquim, n° 241, bairro Copacabana, O Centro POP funciona de  segunda a sexta-feira, das 7h às 18h e possui como um dos objetivos colaborar para restaurar a integridade, a autonomia da população em situação de rua e promover ações para a reinserção familiar e comunitária.                                                                                             

De acordo com Mara Rita da Silva, coordenadora do Centro POP, de janeiro a setembro deste ano, 1.492 pessoas passaram por atendimento, entre eles, lageanos, comunidade em geral e migrantes. “As pessoas chegam ao Centro POP espontaneamente, seja por denúncias ou encaminhamentos de outros Serviços da rede de assistência social e demais políticas públicas setoriais e órgãos do sistema de garantia de direitos”, explicou Mara.

Abordagem Social do Centro POP

Com atuação de 24 horas, os profissionais percorrem praças, áreas públicas e particulares onde há indícios e registros da presença de pessoas em situação de rua. A partir de uma abordagem especializada são tomadas providências com prioridade de contato entre a pessoa em situação de rua, sua família ou algum outro encaminhamento.

Texto: Daniel Costa

Galeria